Especial - 13 de março de 2018

Cavalos, Música Sertaneja e o Sonho de conhecer Daniel

Aluno do curso Fundamental na Escola Estadual Geraldo Parreiras, Cesinha gosta de estudar. Sente-se bem nas escola e gosto dos professores e dos colegas. Mas uma das coisas que lhe dá mais prazer é de andar a cavalo, prática aprendeu com o avô, Serafim, que trabalhava na Prefeitura de Monlevade e era responsável por apreender os animais soltos nas ruas da cidade. Portanto, ele cresceu com esta proximidade aos animais e tanto que a foto de seu perfil no WhatsApp é ele montado em um cavalo. Mas, além de cavaleiro, Cesinha tem outro talento: o moço é um compositor e pretende montar uma banda sertaneja. “Faço música e letra. E também gosto de cantar e ouvir música sertaneja. Mas tenho um grande sonho, que é de conhecer meu ídolo, o cantor Daniel”. Gosto muito das músicas dele e principalmente de Poeira da Estrada”, disse Cesinha, mostrando-se um pouco emocionado pelo momento, aflorando sempre seu lado sensível. E outro sonho dele é andar de avião, além de compor uma música para sua primeira namorada, falou sem qualquer timidez. Nesse momento, umas boas risadas e alguns conselhos ao entrevistado.
Hoje mora com a tia Luziana Martins e o seu marido, Eduardo Oliveira, a quem considera seus pais. Para ele, os melhores pais que poderia ter. Durante a conversa, Cesinha disse emocionado do que representam Eduardo e Luziana em sua vida. “Tenho por eles carinho, amor e atenção. São meus amigos, meu pai e minha mãe. São tudo para mim. Me toleraram desde pequeno. Golfei neles. Tenho orgulho. Foram e sempre serão meus heróis”. Mas também fez questão de lembrar dos seus avós de criação, Sr. “Joca” e Dona “Lili”, pais de Eduardo, por quem tem um carinho muito especial. Não houve à mesa quem segurasse as lágrimas naquele instante. Simples assim, como é Cesinha, um menino que fala com a alma, com o coração.
Ah, mas não pensem que sua vida é só de mordomias. Por também tem suas obrigações domésticas. Perguntei a ele se faz serviços em casa, e ele disse que de tudo um pouco. “Olha Marcelo Melo, eu lavo banheiro, tiro poeira dos móveis, lavo e enxugo vasilhas, arrumo minhas roupas e compro pão. Adoro sair pra compra pão”, disse com o sorriso estampado no rosto. E, quando está em casa sem fazer nada, além de ouvir música sertaneja, gosta também de assistir filmes, mas só de Romance. E como roby faz caminhada com a “Turma do Bar do Filó”, uma vez por mês. “Adoro fazer caminhada com o pessoal. Só gente boa e amiga, Marcelo Melo”.
E assim terminamos nossa gostosa prosa naquele sábado. Com o Cesinha, que impressiona pelo seu carisma e sua popularidade. Carinhoso e simpatia pura. Fiel, considera “João do Pão de Queijo” seu melhor amigo. Tem por ele uma fidelidade e uma amizade de se admirar. E também pelo “Marquinho do Kibs Bar”, quem ele também adora e visita quase que diariamente, quando vai comprar pão ali na Padaria da Rodrigues Alves. Os dois de seus melhores amigos e confidentes. Por este motivo os convidei para participar da roda. E encero com uma tirada do Cesinha, durante uma viagem que fez a Nova Viçosa, na Bahia. Eduardo contou que perguntaram a ele: - Quem nasce na Bahia é o quê? E ele respondeu: - Baiano”! – E quem nasce em Monlevade: - É Nós, uai”! Certíssimo (rs).