A Bicuda do Celestino! – Mauro Fú

Em um bate-papo futebolístico com o Fú, meu irmão mais novo, ele me fez a seguinte narrativa:

– “No inicio dos anos 1970, o Sr. Simões montou dois times para disputa do campeonato mineiro nas categorias infantil e juvenil (hoje seria sub 17 e Sub-20).

Duas vezes por semana ele vinha a Monlevade para os treinamentos. Descia do ônibus próximo ao Posto Gira Sol, fazendo o trajeto a pé, seguia pela linha férrea, passando pela Estação, até chegar ao campo do Jacuí. Já na estreia do time infantil contra o Cruzeiro em nosso estádio, era grande o número de torcedores a favor do time da capital, sendo a maioria, familiares dos jogadores. Porém, os craques que se destacavam eram o beque Celestino, atuando sempre de forma muito arrojada e “limpando a área” com suas bicudas e eu, o goleiro, com defesas espetaculares. No inicio do segundo tempo, numa disputa acirrada entre o Celestino e o centro-avante cruzeirense Roberto Cezar (que mais tarde jogou no time principal), este, de forma covarde, cuspiu na nuca do Celestino. Enquanto nosso becão limpava a cusparada, gritei-lhe: – “Celeste, fique calmo e mantenha o foco no jogo”. Não é que aos 45’ e ainda com o placar 0 x 0, em nova disputa entre os dois o Celestino devolveu a cusparada, também na nuca. Aí não deu para segurar, o ‘tempo fechou’ entre os jogadores e por sermos fisicamente inferiores, corremos em desabalada para o portão, onde fomos impedidos de sair pela torcida. Entretanto, ainda bem, graças à interferência dos policiais presentes, fomos salvos”.

Em sua totalidade, os jogadores das duas categorias se tornaram integrantes dos principais times da cidade.

Aproveito da oportunidade para homenagear duas personagens do caso acima: O Celestino que, com suas bicudas, registrou de forma significativa suas atuações pelo Metalúrgico, e posteriormente por nosso Veterano, bem como o saudoso Sr. Simões, a quem o Esporte Monlevadense muito deve.

Aqui a Seleção Juvenil de Monlevade, que enfrentou o Cruzeiro naquele dia da bicuda do Celestino. Timaço, onde aparecem em pé, da esquerda para a direita: Celestino, Marcelo Dias, Ronio, Helvécio, Fu e Nonô. Agachados, na mesma ordem: Beijo, Lau, Marcos Negão, Correia e Maroca.

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

Postagens relacionadas

Notícias por Categoria

Cultura

Esportes

Colunas

Seja assinante!

Assine agora mesmo por apenas R$ 47,90 Anuais!

Já é assinante?

Faça seu login!