Zarif e Helena: duas primeiras damas que deixaram suas obras imortalizadas!

Na foto acima, durante uma solenidade no Anfiteatro do Centro Educacional – que leva o nome de Teatro “Antônio Gonçalves” -, os dois ex-prefeitos com sua digníssimas primeiras damas? Helena Gonçalves (à esquerda) e Zarif Loureiro

Interessante a história política de João Monlevade que, apesar de contar com um povo politizado, através de sua base operária e de uma educação eficaz desde os tempos do Ginásio de Tábua e do Senai, ainda assim poucas são as novas lideranças que surgem. Tanto que em apenas 47 anos de emancipação – a serem completados em abril próximo -, cinco mandatos foram ocupados apenas por dois prefeitos. E em uma época que a reeleição ao Executivo não era permitida. Foram três mandatos com Germin Loureiro (Bio) e dois com Antônio Gonçalves (Pirraça). E ambos continuam sendo lembrados como os principais governantes do município; Bio em infra-estrutura e saneamento básico e Pirraça em investimentos na área educacional, na construção de escolas.

Mas, não só eles tiveram participação no comando do município, pois, como se diz o ditado de que “atrás de um grande homem há sempre uma grande mulher”, as primeiras damas Zarif Maluf Loureiro e Helena Gonçalves foram as molas-mestras desses cinco mandatos, sempre participando das decisões. Nesta histórica fotografia feita no Anfiteatro do Centro Educacional pelas lentes de “Zezinho” (hoje Teatro Antônio Gonçalves), durante uma solenidade, surgem exatamente os ex-prefeitos, saudoso Bio e Antônio Gonçalves, ao lado das esposas, Dona Zarif e a saudosa Dona Helena.

E a história desses dois casais falam por si, pela grande obra que construíram e deixaram em nossa cidade. Eram dos tempos em que o companheirismo era prioridade em uma relação. E as donas Zarif e Helena foram verdadeiras guardiãs de seus maridos e companheiras em qualquer situação. Durante as campanhas eleitorais a presença de ambas era constante. Não havia um lugar onde não fossem atrás dos votos. E tinham talvez o mesmo (ou até mais) carisma do que os próprios maridos, candidatos. Cumpriram dignamente o papel de primeiras-damas, com participação nos cinco mandatos, principalmente na área social. O nosso respeito pela imortalidade de suas obras.

*Matéria publicada na edição de nº 148 do jornal “Morro do Geo”, de março/2011.

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe um comentário

Postagens relacionadas

Notícias por Categoria

Cultura

Esportes

Colunas

Seja assinante!

Assine agora mesmo por apenas R$ 47,90 Anuais!

Já é assinante?

Faça seu login!