O Lactário (Leiteria)!

O Lactário (Leiteria) foi instalado pela Belgo-Mineira em 1948, cujo objetivo era distribuir leite e mingau aos filhos dos operários, gratuitamente. Além do QG Central, que funcionava no Centro Industrial, havia outros pontos de distribuição nos bairros Pedreira, Vila Tanque, Baú e Areia Preta, além da a entrega domiciliar. A Usina de tratamento de leite recebia cerca de 2 mil litros provenientes de vários pontos da cidade e sua capacidade de produção diária era de 10 mil litros e 500 quilos de manteiga. O leite passava pelo processo de pasteurização e tudo balanceado, atendendo a cada faixa etária das crianças. Uma cultura que veio do Velho Continente, trazida das mãos dos luxemburgueses, preservando a boa alimentação infantil.

Naquela época, João Monlevade vivia este boom. Isto ocorreu até a década de 1970, quando a Usina foi fechada, após a mudança de política da direção da Belgo-Mineira, acabando aos poucos com o seu paternalismo.

Legendas:

Dia da inauguração do Lactário, com a presença de crianças, funcionários, diretores da Belgo-Mineira e lideranças religiosas

Aqui, duas fotografias durante a destruição do leite, sendo uma no Centro Industrial e outra em um ponto de bairro, com as crianças nas filas, onde as funcionárias, todas de branco, atendiam às crianças a todos dentro das normas de higienização

O funcionário colocando o leite nos litros, onde eram distribuídos

Compartilhe esta postagem

Deixe um comentário

Postagens relacionadas

Notícias por Categoria

Cultura

História

Seja assinante!

Assine agora mesmo por apenas R$ 47,90 Anuais!

Já é assinante?

Faça seu login!