Leia hoje a Crônica do Dr.Stanley: “A Japona Renner” – Do Livro “Confusão no Elevador”

Quando me mudei para Monlevade, a primeira coisa que me assustou foi o frio que fazia aqui. As noites geladas, madrugadas com ruas cobertas por neblina, o vento frio que chegava aos ossos. Era um sacrifício sair da cama às duas, três horas da manhã para ir ao hospital atender algum chamado. Vestia blusas por cima de blusas, enrolava um cachecol no pescoço, calçava meias de lã…

Para ter acesso à Crônica por completo, seja um assinante de nosso Site.

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

Postagens relacionadas

Notícias por Categoria

Cultura

Esportes

Colunas