O Grande Metalúrgico!

Nada melhor do que recordar, ainda mais quando se fala em futebol, maior paixão brasileira. E aqui uma mostra desse efeito, na época em que João Monlevade tinha um estádio cujo nome copiava o do bairro: Jacuí, o palco dos grandes espetáculos futebolísticos.

A fotografia acima, do início da década de 1980, há quase 40 anos, é uma simbologia ao nosso passado pelas quatro linhas daquele estádio que ficava com suas arquibancadas tomadas todos os domingos. Gente que vinha de carro (uma minoria), de ônibus, de caminhão pau-de-arara ou mesmo em lombo de animal, ou a pé, pela linha de trem. E, em homenagem aos grandes times de futebol da cidade, o Clube Atlético Metalúrgico, o alvinegro que brilhou nos estádios.

Com vocês, em pé, da esquerda para a direita: Crista, Ceará, Celestino, Henrique, Minguinha, Dely e Miguel (Supervisor). Agachados, na mesma ordem: Zé Pio, os irmãos Adilson (Nôvo) e Gilson “Bigode”, Joãozinho e Sílvio. Um timaço!

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

Postagens relacionadas

Notícias por Categoria

Cultura

Esportes

Colunas

Seja assinante!

Assine agora mesmo por apenas R$ 47,90 Anuais!

Já é assinante?

Faça seu login!