Revellion dos Anos Dourados – Por Marcelo Melo!

Não tive o privilégio de ter nascido entre os anos 1940/50, mas mesmo chegando em 1959, pude saborear um pouco dos bailes dos anos dourados, fossem carnavalescos ou de Revellion.

Felizes os que realmente viveram em João Monlevade os anos dourados das épocas das horas-dançantes em matinês no Grêmio ou no Ideal Clube. Os bailes noturnos no próprio Ideal ou no União Operário. Os carnavais de salão ou o samba de Fulô, inventado pelo saudoso Piriel. Quem conheceu o Acrízio Engrácio, Pindoba, Elívio Bastieri, Donga, Pereira, Seu Agenor, Zé Lima, Daniel, Padre Higino, Orozimbo, Sabará e tantas outras figuras que fizeram e ainda fazem história nesta cidade maravilhosa?

Pois bem, mas recordar é o prazer que dá hoje a tantos monlevadenses, sejam ausentes ou mesmo presentes. A saudade hoje pode ser mais amena diante das fotografias dos anos dourados, ou mesmo rebeldes.

E assim, quando chegamos a mais um final de ano, deixamos como memória esta foto de 31 de dezembro de 1968, cujo baile de Revellion era realizado no salão do Hotel Monlevade. Aparecem, entre outros ilustres monlevadenses, o garçom Zim Glostora, Sílvio Pinto, Salazar Parreiras, Barony, Agostinho (cantor), Marlene, Helvécio (Tatá), e Maurício. Saudade que deixa nos olhos lágrimas percorrendo paixões e lembranças que jamais deixarão de ser recordadas.

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe um comentário

Postagens relacionadas

Notícias por Categoria

Cultura

Esportes

História

Seja assinante!

Assine agora mesmo por apenas R$ 47,90 Anuais!

Já é assinante?

Faça seu login!