Uma Exposição de Fotografias das Praças! Por Marcelo Melo!

Na foto acima, a saudosa Praça do Mercado, onde aparecem o Emporium e o Armazém do Geo, além das carroças. Ao fundo parte do prédio do Ginásio Monlevade (Colégio Estadual), as cúpulas da Usina e algumas casas

Hoje iremos presentear nossos assinantes e amigos com um book de fotografias antigas de João Monlevade, dando destaque às famosas e saudosas praças Ayres Quaresma (“Praça do Cinema”) e Praça do Mercado, que integraram o Conjunto Arquitetônico de nossa cidade e que fez parte da Vila Operária – a 1ª construída na América Latina pelo visionário engenheiro luxemburguês Louis Jacques Ensch.

Façam a sua viagem ao tempo através destas fotos, todas tiradas de nossos arquivos e cujos autores foram três fotógrafos, exímios profissionais – verdadeiros artistas -, contratados por Louis Esch, para deixar registrada a nossa história através das películas em Preto&Branco! Foram eles, por ordem de chegada: Coutinho, Assumpção e Diló!

Na foto abaixo, antes mesmo de se iniciar a bela obra arquitetônica onde se ergueu a Praça do Cinema, a direção da Belgo-Mineira construiu uma Escola, um CInema e um Quartel da Polícia Militar neste espaço, próximo à Portaria-1 da Usina, onde depois funcionou a Farmácia e a Rádio Cultura

Aqui começava a construção da Praça Ayres Quaresma, nome este dado em homenagem a um soldado brasileiro, natural de Rio Piracicaba, morto durante a 2ª Guerra Mundial. Pode-se reparar no detalhe dos arcos, que foram a marca da arquitetura em estilo neoclássico

Abaixo a Praça Ayres Quaresma, que ficou famosa como “Praça do Cinema”, aqui logo após a sua construção

Praça do Mercado, por outro ângulo, aparecendo ao fundo a entrada que dava acesso ao Grêmio Esportivo Monlevadense

Abaixo, a Praça do Mercado, lotada de freguees eos burros que puxavam as carroças; todo o cenário de uma Vila do interior

Na parte de cima da Praça do Mercado, funcionava a Delegacia de Polícia e as feiras, e uma granja

O glamour da Praça do Cinema, onde era o ponto final dos ônibus. Lindas moças desfilando pelas calçadas sob o vistoso prédio em forma de L, onde à direita, ao alto, estava o Ideal Clube, e abaixo, o União Operário. Eram o point dos monlevadenses entre os anos 1950 a 1980

O prédio da Assistência Médica à frente do Ponto final dos ônibus, e ainda a Portaria-1 da Usina da Belgo-Mineira, onde terminava a Praça

Os mascates nas calçadas eram um visual marcante na Praça do Mercado, e de suas malas saiam suas mercadorias para serem vendidas aos fregueses

Abaixo, outro ângulo da Praça do Mercado, aparecendo à direita, ao lado de cima, as casas da Cidade Alta, e à esquerda, mais abaixo, as primeiras casas da Rua Piracicaba. Esta fotografia é bem anterior à construção do Grêmio Esportivo Monlevadense, que se deu no início da década de 1950

O lindo e moderno Conjunto Arquitetônico da Praça Ayres Quaresma, saudosa “Praça do Cinema”, nesta fotografia da década de 1950, onde aparecem os velhos carros da Ford e os ônibus “Jardineira”. Os arcos que davam vida ao estilo neoclássico vindo do Velho Continente e aqui estavam instalados os clubes ideal e União Operário, os bares, o Cine Monlevade, a agência do INPS, o Foto Diló, a Farmácia de Seu Vicente, a Rádio Cultura, consultórios médicos e odontológicos, A Barbearia de Seu Bramante e toda uma história. Tudo destruído em nome do “progresso”, no ano de 1988, mas sem nenhuma necessidade, transformado num pátio vazio e solitário! Restaram apenas os prédios da Assistência Médica e do Colégio Estadual, que não faziam parte deste Complexo

Para terminar nosso book, uma fotografia que faz parte da história do nosso jornal, o “Morro do Geo”, e de João Monlevade, o saudoso Sr. Enéias tocando sua flauta transversal e vendendo seus amendoins e outras mercadorias na Praça do Mercado

Compartilhe esta postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

Postagens relacionadas

Notícias por Categoria

Cultura

Esportes

Colunas

Seja assinante!

Assine agora mesmo por apenas R$ 47,90 Anuais!

Já é assinante?

Faça seu login!